• Gika Frozza - Buddie BR

Socorro! Meu Buddie está roendo tudo!

Atualizado: 7 de Jun de 2019

É normal que filhotes e cachorros adultos chequem objetos quando exploram o mundo. Mastigar significa várias coisas para um cachorro. Para cães jovens, é uma maneira de aliviar a dor que pode ser causada por dentes permanentes. Para cães mais velhos, é a maneira da natural de manter os maxilares fortes e os dentes limpos. Mastigar também combate o tédio e pode aliviar ansiedade leve ou frustração.


Conheça as principais Problemas que podem fazer seu Buddie roer tudo de forma destrutiva

Ansiedade de separação


Os cães que mordem para aliviar o estresse da ansiedade de separação geralmente só Roem quando são deixados sozinhos. Eles também exibem outros sinais de ansiedade de separação, como lamentação, latidos, agitação, micção e defecação em lugares inapropriados.


Sucção de tecido


Alguns cães mamam, sugam e mastigam tecidos. Alguns especialistas acreditam que este comportamento resulta de ter sido desmamado muito cedo (antes das sete ou oito semanas de idade). Se o comportamento de sucção de um cão ocorre por longos períodos de tempo e é difícil distraí-lo, é possível que o comportamento se torne compulsivo.


Fome

Um cão em uma dieta restrita de calorias pode mastigar e destruir objetos na tentativa de encontrar fontes adicionais de nutrição. Os cães geralmente dirigem esse tipo de mastigação em direção a objetos relacionados a alimentos ou que cheiram a comida.


Perdendo os dentinhos de Leite


O desejo de investigar objetos interessantes e o desconforto da dentição motivam cachorros a roer tudo quando são filhotes. Mas assim como filhotes humanos, os filhotes de cães atravessam um estágio doloroso quando perdem os dentes de leite e experimentam o surgimento dos dentes permanentes. Essa fase de mastigação intensificada geralmente termina aos seis meses de idade. Alguns veterinários recomendam dar brinquedos especiais que podem ser congelados, o que pode ajudar a aliviar a dor e fazê-los criar um interesse natural por aquele objeto. Embora os cachorros precisem roer as coisas, uma orientação suave pode ensinar seu cachorrinho e a restringir a mastigação a objetos apropriados, como seus próprios brinquedos.


Comportamento de mastigação normal Mastigar é um comportamento perfeitamente normal para cães de todas as idades. Ambos os cães selvagens e domésticos passam horas mastigando os seus ossos. Esta atividade mantém seus maxilares fortes e seus dentes limpos. Os cães gostam de mastigar ossos, bastões e praticamente qualquer coisa disponível. Eles roem para se divertir, para se estimulares ou para aliviar a ansiedade.


Falta de Exercício ou Estimulação Mental


Alguns cães simplesmente não recebem estimulação física e mental suficiente. Os cães entediados procuram maneiras de entreter-se, e roer é uma ótima opção. Para evitar o mastigamento destrutivo, certifique-se de fornecer muitas maneiras para o seu cão entreter sua mente e corpo. As melhores maneiras de realizar isso incluem passeios diários, socialização com outros cães, brincadeiras de puxar, aulas de treinamento de clicks, esportes para cães (agility, freestyle, flyball, etc.) e a alimentação através de brinquedos do tipo Puzzles.


Stress e Frustração

Às vezes, um cão pode roer incansavelmente algo ao experimentar uma situação que lhe causa estresse, como ser encurralado perto de outro animal, ou ele não se dá bem e se incomoda com crianças, ou quando é confinado em um carro. Em todos esses casos geralmente são as Guias quem sofrem e isso pode colocar seu cãozinho em uma situação onde ele pode ferir a si mesmo.

Para reduzir esse tipo de mastigação, tente evitar expor o seu cão a situações que o tornem nervoso ou chateado.


Os cães que são impedidos de se envolverem em atividades excitantes às vezes mordem, agitam, rasgam e mastigam objetos próximos. Note que alguns cães adultos e filhotes às vezes agarram e agitam cobertores ou tigelas em seus canis sempre que as pessoas caminham em frente á suas baias. Eles fazem isso porque querem atenção. Quando eles não são atendidos, sua frustração é expressa através de um comportamento destrutivo.

Um cão que vê um esquilo ou gato correr e quer perseguir, mas está atrás de uma cerca pode se agarrar e mastigar o portão. Um cachorro que vê outro cachorro em uma aula de treinamento pode ficar tão animado com a visão de seu colega de classe canina se divertindo que ele se agarra e mastiga sua coleira. (Os cães de Agility e Flyball são especialmente propensos a esse comportamento porque vêem outros cães correndo por aí e passando um ótimo momento, e eles querem participar da ação.)


A melhor intervenção para este problema é antecipar quando a frustração pode acontecer e dar a ele um brinquedo apropriado para agitar e rasgar.

Sempre que possível, ensine-os a aproximar-se da frente de seus canis ou portões e se sentar silenciosamente para solicitar atenção dos transeuntes.


O que fazer Então?


Sabendo então que o comportamento de roer quase tudo ao seu redor, é normal, leve em consideração que os cães às vezes orientam seu comportamento a itens inapropriados, eles não tem a minima noção que seus chinelos ou fones de ouvidos, podem ter custado caro. Para isso uma leve correção e um estimulo positivo à seus itens podem ser a chave de um bom convívio.


Tanto filhotes como cães adultos devem ter uma variedade de brinquedos de mastigação apropriados e atraentes. No entanto, apenas fornecer as coisas certas para mastigar não é suficiente para evitar que eles roam apenas suas próprias coisas. Então trabalhar a associação positiva e negativa é importante. Os cães precisam aprender o que é bom para mastigar e o que não é. Mas não se esqueça eles precisam ser ensinados de uma maneira gentil e humana.


Dicas úteis


  1. Sua casa "À prova de cães" . Coloque objetos valiosos fora do alcance do seu Buddie até que esteja confiante de que o comportamento de mastigação do seu cão é restrito aos itens apropriados. Mantenha calçados e roupas em um armário fechado, roupas suja em um cesto com tampa e livros nas prateleiras. Eles amam tudo que tem o seu cheiro, pois o associam a algo positivo. Por isso fique atento à itens em lugares inapropriados e de fácil acesso à eles. Facilite o sucesso do seu cão.

  2. Forneça ao seu cão abundância de seus próprios brinquedos e ossos mastigáveis ​​não comestíveis. Preste atenção aos tipos de brinquedos que o mantêm mastigando por longos períodos de tempo e continue a oferecer esses. É ideal para apresentar algo novo ou revesar os brinquedos de mastigação do seu cão a cada dois dias para que ele não fique entediado com os mesmos brinquedos velhos. (Tenha cuidado: apenas dê os ossos naturais do seu cão que são vendidos especificamente para mastigar. Não lhe dê ossos cozidos, como ossos ou asas de frango, pois podem furar e ferir gravemente seu cão. Se você tem dúvidas sobre o que é seguro dar ao seu cão, fale com seu veterinário.)

  3. Ofereça ao seu cão algumas coisas comestíveis para mastigar, orelhas de porco, ossos de couro cru, rolos de pele de porco ou outros mastigáveis naturais. Mas tomem cuidado sempre, pois alguns cães às podem sufocar, especialmente se eles mordem e engolem pedaços grandes. Se o seu cão está disposto a fazer isso, certifique-se de que ele está separado de outros cães quando ele está roendo algo assim ele pode relaxar sem medo de que tomem o que é dele e estimule-o a fazer a mastigação comedidamente. E ao reinserí-lo em um ambiente com demais cães, certifique-se de manter o olho em seu nele sempre que ele estiver roendo algo comestível para que você possa intervir se ele começar a sufocar.

  4. Identifique as épocas do dia em que o seu cão é mais suscetível à roer algo e dê-lhe um brinquedo de quebra-cabeça cheio de algo delicioso. Ou você pode incluir algumas das rações diárias de comida do seu cão no brinquedo se estiver controlando o seu peso.

  5. Você pode Desestimulá-lo quando ele roer itens inapropriados, pulverizando-os com dissuasores de mastigação. Quando você usa um dissuasor pela primeira vez, aplique-o em uma pequena quantidade a um pedaço de tecido ou algodão. Coloque-o delicadamente diretamente na boca do seu cão. Permita que ele prove-o e que ele renegue aquilo, já que em alguns raros casos, o cão pode simplesmente adicioná-lo à sua coleção de itens com molho. Se ele realmente não gostar do produto, ele terá aprendido a conexão entre o sabor e o odor do dissuasor, e será mais provável que evite mastigar itens que cheiram a ele. Pulverize o dissuasor sobre todos os objetos que você não quer que seu cão morda. Reaplique todos os dias por duas a quatro semanas. Certifique-se, no entanto, de que o tratamento bem sucedido para a mastigação destrutiva exigirá mais do que apenas o uso de dissuasores. Os cães precisam aprender o que podem mastigar, bem como o que não podem mastigar.

  6. Faça o seu melhor para supervisionar o seu cão durante o máximo de horas desse período de aprendizado até se sentir confiante de que seu comportamento está sob controle. Se você vê-lo lambendo ou mastigando um item, ele não deveria, diga "não", remova o item da boca do seu cão e insira algo que ele pode mastigar. Então o elogie alegremente.

  7. Quando você não puder supervisionar o seu cão, você deve encontrar uma maneira de evitar que ele roa coisas inapropriadas na sua ausência. Por exemplo, se você trabalha durante o dia, você pode deixar o seu cão em casa em uma área de confinamento por até seis horas. Coloque seu cachorro em uma pequena sala com a porta ou um portão de bebê fechado e certifique-se de remover todas as coisas que seu cão não deve mastigar em sua área de confinamento, e dê-lhe uma variedade de brinquedos apropriados para mastigar e coisas para desfrutar no lugar. Mas tenha em mente que se você limitar o seu cão, você precisará dar-lhe muito tempo de exercício e qualidade quando não estiver confinado. Para isso você pode contar com nossos Buddie Walkers.

  8. Forneça ao seu cão muito exercício físico (tempo de brincar com você e com outros cães) e estimulação mental (treinamento, visitas sociais, etc.).Se você tem que deixar seu cão sozinho por mais de um curto período de tempo, certifique-se de que ele saia boa caminhada, pelo menos uma vez ao dia.

  9. Para ajudar o seu cão a aprender a diferença entre coisas que ele deve e não deve mastigar, é importante evitar confundi-lo oferecendo itens domésticos indesejados, como sapatos velhos e almofadas descartadas. Não é justo esperar que seu cão saiba que alguns sapatos ele pode morder e outros não.

  10. Alguns filhotes e cachorros jovens gostam de mascar roupas sujas. Este problema é mais facilmente resolvido sempre colocando roupas sujas em um cesto fechado. Da mesma forma, alguns filhotes e cachorros gostam de atacar o lixo e mastigar os guardanapos e papéis higiênicos descartados. Isso pode ser muito perigoso. Se um cão come um item sanitário, ele pode expandir-se enquanto se desloca pelo sistema digestivo. Descarte itens perigosos os em um recipiente inacessível ao seu cão. A maioria dos cachorros jovens saem desses comportamentos à medida que amadurecem.


O que Não fazer.


  1. Não mostre ao seu cão o dano que ele fez ou espanque-o, ou repreenda-o ou puna-o após o fato. Ele não pode conectar seu castigo com algum comportamento que ele fez horas ou mesmo minutos atrás.

  2. Não use fita adesiva para manter a boca do seu cão fechada em torno de um objeto mastigado por qualquer período de tempo. Isso é desumano, irá ensinar o seu cão um total de nada, e muitos cães já morreram por esse procedimento.

  3. Não deixe seu cão em uma gaiola ou confinamento durante longos períodos de tempo (mais de seis horas) só para evitar que ele roa algo que você não quer. Aprenda a estimulá-lo de outra forma.

  4. Nunca amoleça a ração de seu cão para evitar que ele roa algo, na verdade isso só vai estimulá-lo a roer algo diferente para limpar seus dentes.


3 visualizações

Acompanhe nossas Redes Sociais

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Twitter Ícone

Buddie Pet Care & Dog Walking
32.219.179/0001-69

+ 55 11 9 6626-6834

+ 55 11 9 5825-5624
Contato@buddie.com.br
Rua Nespera, 137 -- Pirituba.
São Paulo - SP, Brasil